Pela segunda vez, Rafael Cortez participa da Feira do Livro

Antes mesmo do show principal da noite (Maria Gadú, às 21h), a movimentação de pessoas foi intensa no ‘quarteirão paulista’ por causa da conferência com Rafael Cortez, às 18h30, conhecido por seu trabalho como repórter do programa televisivo CQC (TV Bandeirantes).

O público, formado principalmente por jovens entre 15 e 25 anos, participou ativamente enviando perguntas através da produção. Os questionamentos eram variados, alguns até bastante pessoais, outros profissionais, mas tudo com o maior bom humor.

A quantidade de pessoas intimidou o convidado no início, mas o gelo foi rapidamente quebrado com trocadilhos e piadas curtas. “A piada mais sem graça é aquela que precisa ser explicada, não existe nenhuma pior”, afirmou Cortez.

Ainda sobre seu trabalho como jornalista de humor, a curiosidade de muitos estava em descobrir qual é o limite para a brincadeira, até que ponto ele tem coragem de ir. “Quando eu gravo o CQC estou a serviço do humor. Sou um humorista sem ego, por isso eu faço de tudo”.

O que a maioria das pessoas não conhecia é o lado musical de Rafael Cortez. Na feira, ele está lançando seu primeiro disco, ‘Elegia da Alma’, de maneira totalmente independente. “Quem me conhece somente do CQC, vai achar o disco muito confuso, sem palavras. É um álbum para ser ouvido em momentos de reflexão, em casa”, explicou.

Atendendo a pedidos, Rafael empunhou seu violão acústico e tocou duas faixas de seu trabalho, ‘Cordel para Guilherme de Faria’ e ‘Badica’, sendo a última uma homenagem à sua professora de violão. Ambas instrumentais, insinuando certa tendência do compositor para a música clássica.

Cortez fez questão de deixar claro que o disco foi totalmente financiado por ele, que era um sonho antigo e que está aproveitando a superexposição que o programa lhe oferece – consciente de que não será para sempre – para divulgar sua faceta musical.

Sobre o incentivo à cultura no Brasil, Rafa Cortez foi enfático. “Imprescindível, mas muito pouco. O governo precisa estimular mais os artistas independentes, de rua, mambembes, que não possuem oportunidade na grande mídia e parar de liberar verba para os artistas já consagrados”, criticou o convidado.

Fonte.

Anúncios

Sobre Portal CQC OFICIAL

Seu portal de notícias sobre o CQC!

Publicado em 04/06/2011, em CQC. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s