Marcelo Tas: “Bolsonaro mostrou preconceito contra negros e gays”

Um dos personagens da polêmica com Jair Bolsonaro (PP-RJ), o humorista Marcelo Tas, apresentador do programa CQC (Band), afirma que não se surpreendeu com as declarações do deputado federal.

Tas avalia que Bolsonaro cometeu “duas coisas que faz com recorrência: declarou seu profundo apoio à ditadura militar e manifestou dois preconceitos, contra os negros e contra os gays”.

O humorista foi ouvido para colher sua visão da entrevista. No programa, Preta perguntou a Bolsonaro se ele deixaria seu filho namorar com uma negra. “Preta, não vou discutir promiscuidade com quem quer que seja. Eu não corro esse risco, e meus filhos foram muito bem educados e não viveram em um ambiente como, lamentavelmente, é o teu”, declarou o deputado.

Terra Magazine – Marcelo, daquela conversa com Bolsonaro ontem, no CQC, o que você, de fato, entendeu? Marcelo TasEntendi que Bolsonaro fez duas coisas que faz com recorrência: declarou seu profundo apoio à ditadura militar e manifestou dois preconceitos, contra os negros e contra os gays.

Mas, depois da entrevista do Bolsonaro, quando voltou pra você, pareceu que você manifestava uma dúvida ao perguntar se tinha entendido direito?O que eu manifestei foi uma esperança de que a alma tivesse alguma salvação.

Por quê?Porque ele fez uma associação da raça negra com promiscuidade e isso é absolutamente inadmissível, principalmente vindo de um deputado.

Mas você esperava o quê ao manifestar sua dúvida sobre o que ele teria dito?Esperava, espero, que ele de fato não tenha entendido a pergunta da Preta Gil.

Como poderia dizer o CQC, ele está sendo julgado pelo conjunto da obra?Ele já disse isso reiteradas vezes, mas como o CQC é um programa de humor e usa a ironia, a ironia é uma lente de aumento que mostra com muito mais clareza o que se vê e o que é dito.

A propósito do CQC, vocês…A propósito do CQC, o que me espanta é a reação de pessoas, inclusive de movimentos de defesa de direitos dos gays, que acham que nós não podemos tocar em assuntos como esse. É o mesmo preconceito do outro lado. Eles não entendem que o humor, às vezes, joga luz sobre alguns assuntos, como esses que foram tratados ontem, e eles ganham uma dimensão que de outra forma não teriam.

Anúncios

Sobre Portal CQC OFICIAL

Seu portal de notícias sobre o CQC!

Publicado em 30/03/2011, em CQC. Adicione o link aos favoritos. 15 Comentários.

  1. É isso mesmo Tas! Humor se faz com qualquer tipo de tema, e o Bolsonaro virou a piada mais comentada e repercutida da internet hoje.
    Digo que aquele “ser” só pode ser visto como uma piada (de mau gosto), por ser tão reacionário, racista e preconceituoso e ainda se orgulhar disto. Tem que rir para não fazer besteira.
    Vamos exonerá-lo do seu posto de representante do povo, nobre deputado e belo exemplo de quebra de decoro parlamentar. A Comissão de Direitos Humanos da Câmara recebe as reclamações; vide “@deputadamanuela: peço aos que se sentiram ofendidos com o episódio envolvendo o dep bolsonaro que enviem suas manifestações para cdh@camara.gov.br

  2. eu acho que quem apoiá a ditadura , e tem qualquer tipo de preconceito deveria morrer na cadeia
    Perante Deus e perante a lei todos somos iguais
    É impressionante como no Brasil tudo fica impune

  3. Ví e ouvi no última programa, achei que o preconceito e a ditadura havia acabado, e ainda tem gente q. vota nesse cidadão. parabens Marcelo, mostre a cara dele para o povo.

  4. Foi a coisa mais triste de se ver e ouvi !
    Como pode um cidadão em pleno seculo 21 falar uma besteira dessa em publico. Ate entendo que o cara tenha preconceitos e apoie a Ditadura, ninguem é 100% perfeito mas, que fique para ele e sempre no reservado.
    Bom………. Nas proximas eleições ele vai ganhar o que a Mariazinha ganhou atras da moita. E o pior que tipo de pessoas assim, sempre se dão bem neste pais. Brasileiro de uma forma geral é esquecido !

    Finalizando….. Este dinossauro, deve ser a ultima especie existente. É sentir pena de uma pessoa assim e enviar para o Museu.

  5. Marcelo Tas,

    Houve falha na edição da última pergunta respondida pelo Deputado Jair Bolsonaro. Ele respondeu sobre a promiscuidade gay e não sobre negros. O programa perderá a credibilidade se tal manipulação for mantida.
    A pergunta que não quer calar: Qual é o pai ou mãe que gostaria de ter um filho gay???

    Fui!!!

  6. Ellen Cristina

    Olha eu sou brasileira negra e o que mais me deixou indignada é que nós os brasileiros negros, brancos, pardos, heteros ou gays, todos nós pagamos impostos a perder de vista, pagamos o salário deles juntamente com os 13º, 14º, 15º e por ai vai. Eu nao consigo acreditar q em pleno século XXI ainda existam pessoas com esse tipo de pensamento ainda mais pessoas que representam o nosso país. Chega de preconceito isso tem que acabar!!

  7. J.A. Motta Luiz

    MARCELO TAS, DEIXE DE SER COVARDE!!!! Você sabe muito bem que, pela forma como a entrevista foi conduzida, o deputado pode, sim, ter entendido a pergunta de forma equivocada. Então, deixe de ser covarde, diga o que realmente aconteceu. Não se dobre à pressão da mídia, do “políticamente correto”. É essa a credibilidade de vocês? Bolsonaro pode ser um boçal, mas tem coragem de dizer o que pensa e dar a cara a tapa. Preconceito é ruim, mas hipocrisia também. Em alguns anos, vai ser considerado CRIME ser heterosexual neste país.

  8. Tas,
    Sua filha deve se orgulhar muito de você também. Obrigada por demonstrar o quão competente é a sua filha, estudante de direito em Washington, estagiária da OEA (organização dos estados americanos). Obrigada por declarar “Ela é gay, e eu tenho muito orgulho de ser pai da Luísa”. (CQC 4/4/11)
    Sou muito grata a você ter se exposto. Nosso Brasil precisa seguir o seu exemplo. Preconceito dói na alma, e deveria sim ser punido. Em qualquer situação.

  9. regina pandora

    num mundo perfeito,bol$onaros da vida e quem apoia a sua conduta preconceituosa e racista,seriam decapitados em praça pública.Meu repúdio a esse deputado,Valeu,Tas!

  10. As críticas de Marcelo Tas a Bolsonaro perderam completamente a isenção no momento em que ele revelou ter uma filha lésbica. Sua opinião, por conta disso, é totalmente contaminada por sentimentos, sendo assim, não pode ser considerada uma opinião isenta e abalizada para este episódio.

    O que estão fazendo com o Bolsonaro é um absurdo. Suas declarações não foram, em hipótese alguma, racistas.

    Quero convidá-los a observar o outro lado da moeda que os grupos de apoio às causas gays tentam ocultar para, por fim, retirar bolsonaro de cena. Veja em:

    http://www.filosofiacalvinista.blogspot.com/

  11. Olá! Parabéns pelo Blog. Acho, porém, que a opinião do autor do post segue a mesma linha que a maior parte da imprensa está assuminto, ou seja, um discurso que beira à defesa apaixonada pelas causas gays. Notem que a acusação de recismo está em segundo plano. Ora, racismo é crime inafiançável, pq então o deputado ainda não foi preso? Por um motivo bem simples: a acusação de racismo é improcedente. Quem viu a matéria do CQC e prestou atenção vai perceber que existe vasta prova CONTRA a acusação de racismo. O que realmente está em questão aqui é que o movimento gay e seus simpatizantes está querendo tirar o deputado de circulação para facilitar sua vida.

    Gostaria de convidá-lo e a todos os seus leitores para observarem nossa postagem que explica detalhadamente essa questão. Não conheço o deputado, não sou seu eleitor e até o considero um retrógrado por gostar da ditadura, porém, não posso ficar calado diante dessa escandalosa manipulação de informações. Veja em:

    http://www.filosofiacalvinista.blogspot.com/

  12. Eu tenho um ponto de vista que me permite analizar e ver a situação de forma que eu concordo com algumas coisas e discordo de outras.Eu acho que ser negro e aceitar previlégios por isso é sim o mesmo que concordar que se é inferior, eu não sou racista, tenho amigos negros mas acho que ser preconceituoso é determinar cota para qualquer que seja a etnia.Para alguém ser bolsista deve se levar em conta o lado intelectual e não a cor da pele.Eu acho que Bolsonaro quis dizer isso e nada mais….a pergunta da preta Gil foi sim mal entendida ou manipulada, a resposta é incoerente e chega a ser cômico ou irônico um programa como o CQC não entender isso.Hoje em dia fala-se tanto em manipulçao da parte da G…., mas colocar a situação tal qual como foi deve ser visto como o que??
    Sou contra cota, a favor de pena de morte(sustentar assasinos e ainda dar pensão a familia dele??) e não gostaria de ter filho homosexual(mesmo não tendo nada contra a prática)…isso se chama opinião, e ter coragem de falar isso, é sinal de autenticidade..Politicamente correto é algo insano.

  13. Marcelo Tas,

    Sobre sua filha gay, não entendi se vc se orgulha por ser sua filha ou pelo fato de ela ser gay. Ela herdou de quem? Falta-lhe insenção para criticar o Bolsonaro. Ele não é demagogo e concordo plenamente com as posições do mesmo.
    Se homoxessualismo é “opção”, conforme é alardeado, qualquer um pode ser demovido dessa idéia, bastando umas boas palmadas. Mas se for desvio, doença etc cabe ao meio científico buscar a cura.

    Fui!!!

  14. Palhaços, vocês do CQC!

    Claramente manipuladores e servidores da agenda globalista do PT.

    Ridículos… Não usarei de palavrões, embora mereçam, porque pode ser que não aceitem o comentário…

  1. Pingback: Da grosseria à malandragem - Autoridade - Por que a gente e assim?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s