CQC’s entre os paulistanos mais influentes do Twitter

No ar há pouco mais de dois anos, o humorístico CQC, da Rede Bandeirantes, mostrou a que veio. Com média de 6 pontos de audiência, atraiu a atenção de artistas como o cantor Caetano Veloso, virou o terror de políticos Brasil afora e alçou ao sucesso comediantes até então desconhecidos do público.

É o caso de Rafinha Bastos, gaúcho radicado em São Paulo desde 2002. Se sua atuação na TV é recente, o burburinho causado por ele na internet vem de longe. Em 1999, lançou o site Página do Rafinha, que chegou a receber 25 000 visitas diárias. Mantém ainda, há quatro anos, um canal no YouTube, no qual posta trechos de suas apresentações de stand-up comedy. Eles já foram vistos quase 40 milhões de vezes. “Descobri no Twitter um modo instantâneo de ficar em contato com quem gosta do meu trabalho”, diz. “Como minhas piadas sempre foram muito sucintas, é ideal.”

Cada um à sua maneira, Marcelo Tas e Marco Luque, os outros integrantes da bancada do programa, também colecionam um bom número de seguidores. Tas comenta bastante sobre política e eleições. Luque, por sua vez, divulga seus shows e interage com outras figuras conhecidas, como a cantora Claudia Leitte e o ator americano Ashton Kutcher, marido de Demi Moore. “Meu inglês é mais ou menos, mas acabamos amigos”, conta Luque, que foi até Los Angeles conhecer o casal hollywoodiano. A conta do comediante no microblog foi criada por um fã. “Ele fazia tão bem o meu papel que nem me incomodei”, lembra. Por iniciativa própria, o admirador cedeu o endereço ao Luque original. “Hoje trabalhamos juntos”, afirma o comediante. “Ele cataloga tudo o que sai na internet com meu nome.”

Entre os repórteres, o destaque fora das telas (de TV) é Danilo Gentili. “Principalmente devido às polêmicas envolvendo suas matérias recentes”, analisa Bruno Mokarzel, gerente de mídia social da consultoria Predicta, referindo-se aos episódios de agressão ao repórter. Na rede, Gentili não faz a mínima questão de ser politicamente correto. Expõe, porém, facetas até então desconhecidas do público. É protetor de animais e, um dia desses, ligou a webcam enquanto tomava banho — sim, você leu certo.

*O texto acima é parte da matéria “Twitter: conheça os paulistanos mais influentes no microblog” publicada na revista Veja São Paulo. Por Giovana Romani. Imagens: Royalty Free, Luciana Prezia, Gustavo Scatena e Raquel Espírito Santo.

Anúncios

Sobre Portal CQC OFICIAL

Seu portal de notícias sobre o CQC!

Publicado em 30/07/2010, em CQC. Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

  1. Kiluange M'bandi

    Adoro CQC!!Mas acho que devem abordar a questão racial brasileira.O por que de negros e brancos serem quase iguais no numero de pessoas,na constituição, e sermos minoria na faculdade, mercado de trabalho e etc…E mesmo depois de tanto tempo
    Ainda somos discriminados.Como se tivesse-mos feito algo de errado no passado.Sendo que na minha humilde opinião foi ao contrário.
    Espero que entenda meu ponto de vista …
    Kiluange M’Bandi

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s