Marco Luque fala sobre comédia e carreira

Marco LuqueCom um ar de quem carrega um pouco de timidez e vai tropeçar nas palavras, Marco Luque aparece no hall do hotel para conceder entrevista ao Olhar Direto, na tarde do último sábado (24), horas antes de lotar mais uma sessão do show de stand up comedy “Tamo Junto”.

Assim, ele, que ganhou mais fama e popularidade após virar um dos apresentadores do programa “CQC” (TV Band), dá vida à reportagem. A timidez quase passa a cada pergunta. Já o ar de quem vai atropelar a próxima palavra, fica. Seja porque a fala não acompanha a rapidez do pensamento, seja por confusão mesmo ou qualquer outro motivo. De fato, é engraçado e é natural. É Marco Luque.

Há um ano ele entrou no universo do stand up, estilo de comédia que virou tendência e tem arrastado multidões de desejosos de risadas pelo Brasil e pelo mundo. Luque, que já era ator há 10 anos e há quatro trabalhava com construção de personagens próprios – e cômicos – resolveu experimentar.

Deu certo. Tanto que a agenda de shows é grande. Em Cuiabá foram quatro sessões, promovidas pela empresa local Cia do Humor, todas lotadas, enchendo o teatro da Universidade Federal de Mato Grosso nos dias 23 e 24 de outubro. No popular, “não sobrou ingresso nem pro cheiro”.

O stand up é caracterizado pela ausência de personagens, falta de cenário, inexistência de figurinos e um transbordamento de observações pertinentes e muito engraçadas sobre o cotidiano das pessoas.

De um jeito muito especial, Luque desenvolve essa técnica que, aliada à sua experiência com interpretação e o mundo do teatro, resulta em um show muito bom de ser assistido.

O apresentador comenta que um dos pioneiros dessa modalidade de comédia no Brasil foi o ator Marcelo Mansfield, que ajudou a reforçar a tendência por aqui. “O fato de os participantes do CQC todos fazerem stand up também deu uma força”.

Marco Luque

Apesar da dificuldade de trabalhar de “cara limpa”, sem personagens nos quais se apoiar, Luque contrapõe que o lado fácil da coisa é a capacidade de adaptação do estilo a diferentes pessoas. “Podemos mexer com vários tipos de público em um mesmo espetáculo”.

Quem já acompanha a carreira do ator desde antes da fama alastrada que veio com o CQC, certamente não se esquece de personagens como “Silas Simplesmente”, “Mary Help” e o motoboy “Jackson Five”. Esses e outros ganharam vida durante apresentações da “Terça Insana”, espécie de espetáculo com rodízio de atores e personagens.

“’Terça Insana’ foi fundamental para mim. Uma escola. É humor com algo a ser dito, não é um humor gratuito. Lá tive oportunidade de apresentar personagens próprios e foi uma vitrine para mim, onde comecei a ser visto por muitas pessoas”, conta Luque.

Confira mais aqui.

Anúncios

Sobre Portal CQC OFICIAL

Seu portal de notícias sobre o CQC!

Publicado em 27/10/2009, em CQC. Adicione o link aos favoritos. 3 Comentários.

  1. Ai ai…
    Comentar sobre esse menino é sempre muito bom!!!!
    Muito mais sucesso Luque, te espero aqui no Rio de janeiro hein!!!! Quando vier estarei na 1ª Fila!!!!!! beijo, meliga!!!!
    Beijocas!!!!!!!!!

  2. Carolina de Oliveira Almada

    Ééééé muito bom os shows do marco luque!!Eu q soh fui 1 vez quase morri de dar risadas!Sem dúvida o reconhecimento pelo trabalho delí n é à toa!Eu tive lah e adorei!Aprovo’-‘-‘

  1. Pingback: Fique por dentro Comedia » Blog Archive » Marco Luque fala sobre comédia e carreira « Portal CQC

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s