Rafinha Bastos:“Informação pode virar comédia”

Rafinha Bastos, um dos “homens de preto” do CQC, fala da importância da Educação em sua vida profissional

Rafael Bastos Hocsman, mais conhecido como Rafinha Bastos, ficou famoso em 2008, quando o programa CQC (Custe o que Custar) estreou na TV Bandeirantes. Mas, muito antes disso, ele já era conhecido no teatro: o comediante participa de shows de “stand-up comedy” desde 2004. No CQC, que vai ao ar todas as segundas-feiras, Rafinha e outros seis “homens de preto” falam de fatos políticos, artísticos e esportivos da semana com muito humor.

Formado em Jornalismo, Rafinha também já foi jogador de basquete. Mesmo tendo percebido a sua veia cômica logo cedo e tendo se dedicado ao esporte por um período, Rafinha optou por concluir a faculdade. O comediante se diz “muito feliz” com a opção que fez pelo diploma. “A formação é importante para o desenvolvimento intelectual, social e profissional. Aprendi muito”, conta.

Na entrevista a seguir, Rafinha fala do seu tempo de escola, de como seus pais o incentivaram a continuar os estudos e da importância de se manter informado. E ainda dá a sua opinião sobre a Educação no Brasil. “Está evoluindo”, afirma. Leia abaixo a entrevista.

RAFINHA

Onde você estudou?

Rafinha: Fiz o segundo grau em uma escola chamada IPA, em Porto Alegre, e me formei em jornalismo pela PUC do Rio Grande do Sul.

O que foi mais importante na sua vida escolar? 
Rafinha:
 O convívio e as experiências que tive durante a minha vida escolar marcaram a minha vida pra sempre. Muitos dos amigos que mantenho hoje, eu conheci na escola.

Como os seus pais participavam da sua vida escolar?
Rafinha: Meus pais sempre foram grandes incentivadores. Meu pai me ajudava nas disciplinas que eu tinha mais dificuldade – História e Biologia.

Qual a importância de estudar sempre?
Rafinha: É importante estar atualizado e estar com a mente fresca e aberta pra novos conhecimentos. Sempre.

É possível conciliar os estudos com o trabalho como comediante?
Rafinha: Atualmente os meus estudos têm se baseado muito na minha vida profissional. Uso meu tempo livre para encher minha cabeça com informações que podem virar comédia.

Que tipo de leitura mais lhe agrada?
Rafinha: Há alguns anos tem me faltado tempo para bons livros, mas sempre leio jornais e revistas.

Como você vê a Educação no Brasil? 
Rafinha:
 Acho que está evoluindo. O país está em processo de desenvolvimento, e a educação é uma prova disso. Vivemos em um país muito carente neste quesito, mas as coisas estão melhorando.

O que você mudaria na escola?
Rafinha: O primeiro passo eu acho que é tornar a remuneração dos profissionais mais justa.

Sua formação contribuiu para você ser o que é?
Rafinha: Sem dúvida. A formação é importante para o desenvolvimento intelectual, social e profissional. Eu sou muito feliz com a opção que fiz de finalizar um curso superior. Aprendi muito.

Fonte.

Anúncios

Sobre Portal CQC OFICIAL

Seu portal de notícias sobre o CQC!

Publicado em 22/07/2009, em CQC. Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s